Atlantica fecha parceria com a Grow Mobility para locação de patinetes elétricos e bicicletas nos hotéis

Conectada com as tendências de comportamento dos seus hóspedes e diante do compromisso com a sustentabilidade, a Atlantica Hotels acaba de firmar parceria com a Grow Mobility, terceira maior empresa de micromobilidade do mundo.

Neste primeiro momento, 31 hotéis da rede receberão a instalação das estações de locação de patinetes elétricos e bicicletas, Grin e Yellow. “Já temos sete hotéis em plena operação, mas acreditamos que até o final do ano, um quarto dos empreendimentos da rede esteja com as estações instaladas em suas entradas”, avisa Mark Campbell, diretor sênior de Operações da Atlantica Hotels.

O executivo afirma que a parceria impactará positivamente as comunidades onde há presença de hotéis administrados pela Atlantica Hotels. “Este acordo permite que nossas unidades sejam protagonistas na melhoria da mobilidade urbana e gerem mais qualidade de vida aos nossos hóspedes e usuários em geral”, afirma Mark.

As estações têm fácil acesso ao público, estão sinalizadas para retirada e entrega dos veículos e possuem capacidade para receber até sete patinetes elétricos e 15 bicicletas. “É importante que a população como um todo e, especialmente, nossos hóspedes se favoreçam de um deslocamento mais ágil, já que muitas cidades possuem extensos trechos de ciclovias que são adequadas à utilização destes veículos, que além de serem divertidos de se dirigir, ajudam a reduzir o trânsito e, portanto, a poluição”, declara Mark.

REGRAS DE USO

Com horário de funcionamento padrão das 7h às 22h, os modais entram em uso pelo aplicativo da Grin e da Yellow, disponível no Play Store ou Apple Store. Basta fazer o cadastro e selecionar a estação mais próxima. Para habilitar as bicicletas e patinetes, é necessário fazer a leitura do QR code.

De acordo com a resolução 315 do Contran, que regulamenta a circulação de equipamentos de mobilidade individual autopropelidos, a circulação deve acontecer da seguinte maneira: nas ciclovias e ciclofaixas, onde o limite passa a ser de 20 km/h. O serviço só é permitido para maiores de 18 anos.

As marcas chegaram para melhorar a relação das pessoas com cidade e não podem ser deixadas em vias públicas. Tanto a retirada quanto a devolução devem ocorrer em uma das estações parceiras.