Roteiros 3 de outubro de 2014
Ribeirão Preto vai muito além do famoso chope. A gente te conta!

A temperatura dessa cidade grande do norte do Estado de São Paulo, localizada a 314 km da capital, costuma variar entre duas estações: calor ou muito calor. Portanto, nada mais certeiro do que passear pelos seus parques, se distrair em um de seus museus e, de quebra, tomar um irrecusável – e famoso – chopinho.

 

THEATRO PEDRO II

59

Símbolo do poder da sociedade cafeeira, o prédio foi inaugurado em 1930 com a missão de abrigar grandes espetáculos. Depois de um período de decadência, na década de 60, e de um incêndio, nos anos 80, ganhou uma grande reforma que conseguiu aliar equipamentos de ponta com a restauração de seus elementos mais clássicos. Entre os destaques estão a chamada Sala dos Espelhos, com lustres de cristal em estilo art decó, e a cúpula projetada por Tomie Ohtake. A dica é agendar a visita com antecedência para a sexta-feira, último dia da semana em que esse marco histórico é aberto ao público, ou conferir a agenda e assistir a um dos espetáculos recebidos ali.

Rua Álvares Cabral, 370, Centro. Tel.: (16) 3977-8111

 

PINGUIM

60

A choperia praticamente se tornou um sinônimo de Ribeirão Preto, então é impossível ir à cidade e não bebericar uma (ou várias) tulipa do tradicional e cremoso chope da casa. Há mais de uma filial do Pinguim, mas para conhecer um pouco das mais de sete décadas de história do estabelecimento, o mais bacana é ir à charmosa sede, aberta em 1936 no chamado Quarteirão Paulista. Por conta de sua fama, a choperia está sempre lotada, então aprecie o local em horários alternativos ao tradicional happy hour. Para comer, escolha entre a costela de cordeiro grelhada ou a costelinha suína com mandioca.

Rua Gen. Osório, 389, Centro. Tel: (16) 3610-8386
www.pinguimochopp.com.br

 

MUSEU DO CAFÉ

61

O acervo desse museu, que fica dentro do Campus da USP, guarda a mais importante coleção de peças do Estado de São Paulo sobre a História do Café. Na casa de fazenda há carros de boi, máquinas de beneficiar o café, além de fotos sobre o período de ouro da cultura cafeeira na região. Como o local é pequeno, deixe para conhecer em uma manhã de domingo, quando é realizado o “Café com chorinho”, em que a música ao vivo anima o dia e os casais de dançarinos de primeira viagem.

Avenida do Café, s/nº, Campus da USP. Tel: (16) 3633-1986

 

CATEDRAL METROPOLITANA DE SÃO SEBASTIÃO

62

A catedral é um prédio imponente, rodeado por jardins, com escadaria de acesso na parte central e entradas laterais. Numa visita ao seu interior, é possível ver ao centro o altar principal, dedicado a São Sebastião, tendo ao lado a capela do Santíssimo, que se destaca pelo altar e pelas pinturas decorativas, entre elas as obras produzidas pelo artista plástico Benedicto Calixto.

Praça das Bandeiras, s/n, Centro. Tel.: (16) 3625-0007
www.arquidioceserp.org.br

 

PARQUE MAURÍLIO BIAGI

63

Reaberto em agosto de 2010, tem área total de 70 mil m2 e é recomendável tanto para quem quiser sossegar do agito de uma cidade de grande porte, quanto para quem gosta de se exercitar. O Parque alia a tranquilidade do Ponto de Leitura – local também para troca de livros e debates sobre o tema – com a infraestrutura da Academia ao Ar Livre e seus equipamentos para ginástica. Além de sua área verde, quadras poliesportivas, ciclovia e uma pista de skate.

Câmara Municipal, Subsetor Oeste 1