Roteiros 16 de agosto de 2016
Poço Azul – Água cor azulada, e piscinas naturais. Imperdível!

Há apenas 1 hora de Brasília! Um espetáculo da Natureza!

BRASILIA_MATERIA_Poco_Azul_Site_GOV_EDITADA
Foto: Poço Azul / Site Governo DF

Água cor azulada, gelada como toda cachoeira é, rodeada de verde e rochas em círculo que parecem abraçar as piscinas naturais: assim é o Poço Azul, um lugar no vale do rio da Palma, na Chapada da Contagem, para passar o dia curtindo entre amigos. Se o paraíso não é ali, é bem perto!

São duas cascatas, uma maior e uma menor, onde há a formação de poços (daí o nome) e até uma caverna inundada (!) convidativos ao banho, que ficam dentro de uma propriedade privada. A entrada é aberta ao público das 7h às 18h, sob a cobrança de uma pequena taxa.

Por ser uma área isolada, não há restaurantes ou comércio nos arredores, ou seja, é preciso levar desde kit com primeiros-socorros até o kit “hora da fome” para aquele lanche revigorante que vai repor as energias da caminhada (ei, leve sacos para recolher seu lixo, também não há serviço de coleta por lá). E não se esqueça de levar água.

Para chegar, pegue a saída de Brasília em sentido Norte (em direção a Sobradinho) até o balão de Colorado e dobre à esquerda rumo a Brazlândia. Continue pela DF-001, sentido Lago Oeste até iniciar uma estradinha de terra. São aproximadamente 10 km lindamente empoeirados até a entrada do local (há uma placa indicativa). Leva por volta de uma hora de carro do centro da cidade até o Poço Azul.

E vale a pena!