Pelourinho em Salvador — 3 Motivos para Conhecer o Centro Histórico!
Dicas 16 de março de 2020
Pelourinho em Salvador — 3 Motivos para Conhecer o Centro Histórico!

O Pelourinho, em Salvador, é uma parada obrigatória para todos aqueles que visitam a capital baiana. Não é à toa! A região pulsa cultura, história e riqueza arquitetônica em cada ladeira soteropolitana, o que torna o local único.

Ainda está em dúvida se deve ou não adicionar essa parada em seu roteiro? Então veja só três motivos para conferir de perto o coração da Bahia:

1. O Pelourinho em Salvador é o maior cartão-postal da cidade

Considerado um dos principais pontos turísticos de Salvador, o Pelourinho conserva boa parte do Centro Histórico da capital e guarda 470 anos de lembranças da primeira capital do Brasil. A importância da região é tamanha, que o bairro foi tombado como Patrimônio Nacional e Patrimônio Histórico da Unesco.

2. Abriga diversas atrações icônicas

O famoso Elevador Lacerda, o Mercado Modelo — com mais de 200 lojas de artesanato — e inúmeros museus como a Fundação Casa de Jorge Amado, o Museu da Cidade e o Palácio Rio Branco são algumas das atrações localizadas no Pelourinho, em Salvador.

E ainda há muitos outros pontos turísticos que garantirão, no mínimo, dois dias de roteiro repleto de lugares para conhecer, como:

  • Centro Cultural Solar Ferrão;
  • Museu Casa Ruy Barbosa;
  • Museu Afro-Brasileiro;
    Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos;
  • Igreja e Convento de São Francisco;
  • Catedral Basílica Primacial de São Salvador.

3. Proporciona uma imersão cultural, gastronômica e histórica

Outra grande vantagem de conhecer o Pelourinho, em Salvador, é imergir na história brasileira e na cultura baiana. O bairro, que antes era habitado por senhores de engenho, governantes e artistas, hoje exibe casarões históricos que proporcionam uma verdadeira viagem no tempo.

Além disso, em cada esquina, é possível conhecer mais sobre o movimento musical, literário e teatral da Bahia. Por lá, sempre há muita música, principalmente dos tambores do Olodum.

Além de riquezas culturais, históricas e arquitetônicas — o local possui o maior conjunto de arquitetura barroca fora da Europa —, a região ainda conta com inúmeros restaurantes, bares, sorveterias e cafés para você desfrutar da gastronomia local.

Percebeu por que você deve incluir o Pelourinho em Salvador em seu roteiro pela Bahia ou em sua lista de próximas viagens? Para conferir mais dicas de destinos, não deixe de acompanhar o blog da Atlantica Hotels.