Roteiros 2 de julho de 2014
Gastronomia “informal”: os points do Rio de Janeiro para comer e beber

O Rio de Janeiro é um dos maiores pólos culturais do Brasil e do mundo. E com sua gastronomia não poderia ser diferente. Do Oiapoque ao Chuí, da França a Alemanha, aqui você consegue dar a volta nos sabores do mundo, sem perder a vista para o Cristo.

 

ACONCHEGO CARIOCA

Comandado por Kátia Barbosa, a cozinha do Aconchego já se tornou um clássico da gastronomia carioca. Foi na casa que os famosos bolinhos de feijoada, recheados com couve e bacon, foram inventados. No entanto, o quitute é apenas um item de um cardápio repleto de deliciosos pratos brasileiríssimos, como o camarão na moranga, picanha de carne de sol e pastel de banana da terra. Para bebericar, o estabelecimento possui um generoso acervo de cervejas artesanais, com mais 200 rótulos.

Rua Barão de Iguatemi, 388, Praça da Bandeira. Telefone: (21) 2273-1035

 

FILÉ DE OURO

As eternas filas na porta do discreto restaurante no bairro do Jardim Botânico não deixam mentir: é simplesmente o melhor filé do Rio. A dica é pedir o carioquíssimo à moda Oswaldo Aranha, que é servido com alho frito e acompanhado de farofa de ovos e batata portuguesa. Para abrir os trabalhos, os bolinhos de bacalhau da casa também estão entre os preferidos da cidade. Vá com a família ou grupo de amigos, pois as generosas porções são perfeitas para dividir.

Rua Jardim Botânico, 731, Jardim Botânico. Telefone: (21) 2259-2396

 

ACADEMIA DA CACHAÇA

A Academia da Cachaça é o destino mais clássico para os apreciadores de uma bela caipirinha. Com mais de 100 rótulos da “branquinha” no cardápio, o segredo do sucesso é a variada oferta de sabores, como fruta do conde e seriguela, dependendo da época. Na seara de comidinhas, a casa também é referência. Muitos não sabem, mas o prato que mistura de purê de aipim, carne seca e requeijão, intitulado de escondidinho, foi criado ali mesmo na casa, em 1986.

Rua Conde Bernadotte, 26 – Leblon. Tel: 2529-2680
www.academiadacachaca.com.br

 

GUIMAS

A bucólica varanda do restaurante é um point de charme e sofisticação em meio à boemia do Baixo Gávea. Além de servir um dos melhores couverts da cidade, com seus pães artesanais sempre quentinhos e crocantes, a casa mantém a tradição de forrar as mesas com papel e deixar potes de lápis de cera à disposição da criatividade dos clientes. Na parede, estão expostos alguns desenhos de artistas cariocas. No cardápio de influência francesa e contemporânea, a sugestão fica por conta dos imperdíveis Filé do Bêbado e Filé Crocante, servido com uma crosta de parmesão.

Rua José Roberto Macedo Soares, 5, Gávea. Telefone: 2259-7996

 

BAR LAGOA

Inaugurado na década de 30, o restaurante hoje é mantido pela terceira geração da mesma família. Tombado em 1987, sua decoração em art déco ainda é percebida pelas bancadas em mármore de Carrara e os espelhos ovais. No cardápio, os pratos da culinária alemã são os grandes protagonistas e chegam em gigantescas porções à mesa. O destaque é o clássico bife à milanesa acompanhado de salada de batata. De entrada, fique com a combinação de salsichas e os croquetes de carne. Imperdível!

Avenida Epitácio Pessoa, 1674, Lagoa. Telefone: 2523-1135