Cultural 4 de junho de 2015
Brique da Redenção reúne artesanato, teatro de rua, música e gastronomia

PORTOALEGRE_MATERIA_Brique_da_Redencao_Acervo_Ana_Kessler_02

Em Porto Alegre, faça chuva ou faça sol, as sagradas manhãs de domingo têm um ritual com nome e sobrenome: Brique da Redenção. A gauchada levanta, toma café, faz um chimarrão e vai bater perna com os amigos e a família neste pedaço do Parque Farroupilha (também conhecido como parque da Redenção, daí o nome da feira) que, por sua importância na cultura da cidade, é considerado o Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio Grande do Sul.

Criado em 1978 e ampliado em 1982, o apelidado “Brique” expõe uma grande diversidade de produtos de artesanato, artes plásticas, antiquário, livros e discos de vinil antigos. E muita curtição! São 800 metros de caminhada ao longo da Av. José Bonifácio, no bairro Bom Fim, que tem início na Av. Oswaldo Aranha e fim na Av. João Pessoa. No passeio você vai passar em frente ao imponente prédio em estilo neoclássico do Colégio Militar e se deliciar com a visão do Monumento ao Expedicionário, ambos convites irresistíveis para dar aquela paradinha para tirar foto.

PORTOALEGRE_MATERIA_Brique_da_Redencao_Acervo_Ana_Kessler

Mas o Brique é muito mais do que uma feira de artesanato, é um espaço de confraternização e palco a céu aberto. A qualquer momento você pode ser surpreendido por apresentações de teatro de rua, capoeira, música, circo e até feira de filhotes de animais. Se a fome bater, dá para fazer uma boquinha nas bancas que vendem bolos caseiros, acarajés, pães de queijo, sucos ou simplesmente levar um pote do mais puro mel orgânico pra casa, que tal?

As crianças se divertem, os adultos interagem. “Eu adoro a atmosfera do Brique”, afirma a médica Aline Scherer, que saía dos plantões no hospital louca para ver o sol. É esse clima de eterna novidade que cativa o público acostumado a dar uma passadinha por lá só para ver o que está acontecendo. “Leve uma canga para sentar na grama da Redenção e tomar uns ‘chimas’ com os amigos”, diz Aline referindo-se ao inseparável chimarrão dos gaúchos. Fica a dica para o seu fim de semana.

Ah, uma última informação muito importante: a maioria das barraquinhas aceita cartão de crédito. Não é o máximo? Passa lá!

 

BRIQUE DA RENDENÇÃO

End.: Av. José Bonifácio, s/n – Farroupilha

Funcionamento: Aos domingos, das 9h às 17h.

Site: www.briquedaredencao.com.br